entre amigos.

Meu querido, te digo que a vida é assim: os amores não vêm cheirosos, penteados, inteligentes, com sorriso de propaganda e silhueta de revista, carregando uma placa que diz “te amo” e usando um laço vermelho na cabeça.  Entenda: amar é doar, não receber. Pare de esperar aquela pessoa perfeita que você criou, ninguém é perfeito! Ou vai faltar beleza, ou vai faltar cultura, ou vai sobrar mau humor… vá pelo clichê e escolha erros que você pode suportar.

Sobre os amigos digo o mesmo, eles não estarão sempre sorrindo, tomando chopp gelado,  disponíveis pra fazer aquela sua mudança e ouvir suas filosofias… Antes de pedir qualquer coisa a alguém, seja capaz de fazer o mesmo a essa pessoa sem que ela peça a você. Assim surgem as amizades reais. Amigos são assim: você não deve precisar deles, deve apenas amá-los apesar de tudo.

E o sucesso profissional?! Não, seu contrato de promoção não vem no mesmo canudo do diploma e seu salário de diretor só vem quando você realmente dirigir algo. Falando em dirigir… O carro, casa e demais bens materiais dos seus pais são mérito deles, não seu! Se não tem BMW aprenda a dirigir no fusquinha, contente-se com uma kitinete apertadinha e vista-se com o que pode! Pode não ser aquele Armani, mas tapando sua bunda, serve!

Sobre Deus, pare! Pare agora com essa mania de acreditar que merece, pare de fazer as coisas esperando por milagres e nunca cometa erros pensando que será absolvido: você faz, você assume, você paga. Não culpe Deus pelas coisas erradas, elas são sua responsabilidade, resultado das suas escolhas. Deus perdoa? Sim, mas lembre-se que você ainda vive aqui, num mundo humano e convive com outras pessoas, o fato de Deus te perdoar não alivia a dor de ninguém.

Nunca, em hipótese alguma, prometa algo sem a mínima intenção de cumprir! Todo o mal que você faz, intencionalmente ou não, retorna pra você na mesma medida e proporção, e eu te afirmo: vai doer.

Eu sei de poucas coisas, mas estas poucas divido com você na intenção de que saiba que mais alguém sente as mesmas dificuldades que você.

Te vejo em breve, apesar de me tirar o pouco de paciência que tenho, não consigo te deixar por muito tempo.

Anúncios

1 comentário

  1. Camila · dezembro 6, 2013

    Belo texto! ;)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s