Acordei pensando em você

Acordei pensando em você. E em como as coisas foram injustas conosco, e no quão injustos fomos com as coisas. Agora que eu posso livremente dirigir pra qualquer lugar por horas a fio, você não vai mais comigo pra lugar algum. Agora que eu tenho aquela TV legal no quarto, você não se deita ao meu lado pra ver filmes e documentários. Agora que eu conheço mais MPB que antes, você não me namora e já nem posso encher tuas redes sociais de amor. Justo agora que eu aprendi a ser uma boa dona de casa, não teremos nosso apartamento. Porque agora, que eu tenho um emprego mais legal que meus estágios, você não está aqui pra se orgulhar de mim? Queria ir com você aos eventos sociais chatinhos, e te apresentar como a melhor parte de mim. Meu inglês melhorou, já poderíamos fazer aquele nosso intercâmbio que incluiria mil pubs irlandeses. E os shows? Nós iríamos a todos os shows, e colaríamos os ingressos num mural, junto com as fotos. Talvez todos os meus planos sejam mais completos com você. Eu vou continuar remando, vou continuar na busca incessante pelas coisas que eu quero e pelas coisas que eu ainda nem descobri, mas eu vou sempre me lembrar.

The Last Goodbye – Black Label Society

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s